O projecto Ouro Verde é focado na produção orgânica certificada de processamento de cana-de-açúcar em Moçambique ao longo do Rio Lúrio, na localidade de Ocua, no distrito de Chiúre, província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique.

O modelo envolve a criação de uma parceira entre a entidade comercial e uma cooperativa de produtores locais. Este modelo foi desenhado tendo em mente uma maior envolvência dos trabalhadores da açucareira na própria produção, criando maiores incentivos e sentido de propriedade e responsabilidade. O modelo inovador pretende alterar a velha relação “patrão-empregado” para uma relação de sócios com os agricultores. O impacto sobre a economia local inclui benefícios diretos para cerca de 750 pessoas e a preservação de áreas de alto valor de conservação que aumentem a resiliência geral da propriedade. As projeções financeiras indicam uma operação rentável, a onde se estima um lucro líquido médio de 500 000 USD a partir do terceiro ano. Essa renda será usada para expandir gradualmente operações.

O Açúcar orgânico não refinado mantem todos os melaços, sendo que é produzido em pequena escala e vendido a um nicho dos mercados internacionais.

A EcoEnergia é o promotor e empreendedor moçambicano, que iniciou actividades em 2008. O projecto Ouro Verde foi, assim, implementado desde o início com a participação das comunidades locais, que são parte da solução estratégica e integrante para o sucesso do Projecto Ouro Verde. A Ouro Verde oferece um produto orgânico desde a plantação até ao produto final ao consumidor, mantendo-se também numa pequena escala.

O Projecto Ouro Verde compreende o desenvolvimento de culturas biológicas (orgânicas) de agro processamento açucareiro e um crescimento potencial e gradual numa área (DUAT) de 1000 Ha de terreno. O desenvolvimento da primeira fase do Projecto Ouro Verde iniciou-se em 2011, sendo que o projecto encontra-se na fase de testagem de processamento de açúcar.

Theme: Overlay by Kaira ©2020 Verde Azul Consult, Lda. 🇲🇿 Todos os Direitos Reservados